Como criar (montar) um motoclube
www.jacaremoto.com.br
1º - Se informe e se inturme nos eventos de motoclubes e motociclistas:

A - Passe a visitar os encontros semanais e eventos de motoclubes para conhecer o que é um motoclube: Costumes, filosofia, irmandade, companheirismo, tradição, cidadania etc.



B - Um motoclube não é simplesmente um monte de gente com roupas e coletes iguais que viajam junto. Tem que haver uma filosofia, respeito a tradição, uma conduta para obter o respeito dos mais antigos do motoclubismo e da comunidade em geral.



C - Nos eventos de motociclistas é aonde se pode ficar por dentro de como tudo funciona e como é a convivência com esta "tribo" de gente preocupada em fazer um país e pessoas melhores.



D - Faça amizades com membros de motoclubes e, quem sabe, poderá se identificar com algum e participar dele ou vir a ser convidado.



E - Se depois disso decidir que quer ter o seu próprio, por diversos motivos, tudo bem, vá em frente! Pesquize na internet um nome para não ter problemas com mones que são parecidos, já usados ou que provoquem a ira de determinado grupo da sociedade motociclistica.

1º Comece a reunir as pessoas (minímo de 06 com moto ou CNH - A)que se identifiquem com o perfil e filosofia do motoclube: o que querem; como querem e outras decisões sobre o funcionamento do motoclube, tais como regras para participar/associar; se aceita esposa, namorada como membro ou não; se aceita mulher e homem com ou sem habilitação (são mal vistos os MC que não seguem a lei) etc; como agir nos eventos; quem poderá entrar depois de criado o motoclube, além de condutas gerais que o estatuto (norma) ditará.



Mulheres são bem vindas ao meio, desde que pilote uma moto ou tenha pelo menos CNH categoria A.



2º - Reúna as pessoas (mínimo de seis) que vão fazer parte da associação de motociclistas. Faça uma ATA (escrevendo tudo que ocorreu e a decisão de criar a associação - o motoclube é uma associação) da reunião, em livro próprio (caderno de capa dura e folhas numeradas - pode ser manualmente).

Nesta reunião já devem definir o nome do motoclube, brasão, presidente, vice-presidente, tesoureiro e conselho fiscal. além de definir sobre eleição do presidente etc. (no cartório de registro há mais informação).



3º - Após fazer esta reunião inicial crie um estatuto (ver modelo abaixo) e leve os documentos no cartório e faça o registro em cartório.



Nota: A maioria dos motoclubes não faz isso, mas têm tudo de acordo com a lei para o registro se caso for preciso.Porém, o registro garante mais respeito e protege o nome.



4º - Depois de criado e registrado, há a necessidade de apresentação no meio motociclístico. Com já deve ter feito amizades anteriores, encontre um motoclube para apadrinhar - apresentar o seu novo motoclube ao meio motociclístico.

Isto deve ser feito num evento que já se realiza há muito tempo e que tenha bom número de motoclubes para que mais gente fique sabendo da entrada do seu MC na comunidade. Procure a AMO de seu estado.

Depois dessa apresentação inicial, o próximo passo é o batismo definitivo do motoclube, depois de um ano rodando, pelo mesmo MC que fez a apresentação inicial.
Voltar para a lista de artigos
Corsários Moto Clube - Todos os direitos reservados